Fale Conosco
  • phone
    (11) 2914-0022
  • location_on

    Rua Engenheiro Prudente, 465
    Vila Monumento-SP CEP 01550-000

Deixe sua Mensagem

Balancete Mensal – Entenda como funciona!

Balancete Mensal Como Funciona - Contabilidade na Zona Sul - SP | Contabilidade Real - Balancete Mensal – Entenda como funciona!

Todo início de mês as empresas devem avaliar os dados brutos referentes às movimentações financeiras do mês anterior. É o chamado balancete mensal, conhecido também como balancete de verificação mensal.

Para a elaboração do balancete mensal são consideradas informações como as transações de crédito, de débito, relativa ao patrimônio e, também, de resultado e saldo final.

Quer entender, de forma simples e prática, como funciona o balancete mensal? Continue lendo nosso artigo e saiba mais!

Finalidades do balancete mensal

Você sabe por que sua empresa deve realizar o balancete mensal? Em primeiro lugar, todos os dados obtidos na verificação das movimentações serão utilizados na DRE (Demonstração de Resultado do Exercício) e também no Balanço Patrimonial. 

Além disso, a análise mensal das movimentações financeiras do negócio permite a elaboração de estratégias que otimizem os resultados, a fim de minimizar possíveis prejuízos financeiros e manter o saldo positivo da empresa.

Para avaliação assertiva das informações, o balancete mensal deve ser produzido pelo departamento contábil, porém, em conjunto com o departamento financeiro.

Cabe ao setor financeiro disponibilizar as informações necessárias, solicitadas pelo setor contábil. Incluem-se neste grupo de informações documentos como notas fiscais, extratos bancários, comprovantes de pagamento, duplicatas, relatórios de desempenho, dentre outros.

Confira Nossos Serviços 1 - Contabilidade na Zona Sul - SP | Contabilidade Real

Termos que você deve conhecer

Antes de saber como fazer o fechamento mensal, é interessante elencar alguns dos principais termos que envolvem a produção dos balancetes, junto de seus significados. Listamos alguns deles a seguir:

  • Livro contábil: livros que concentram todas as movimentações financeiras da empresa. Livro diário e livro razão são duas das modalidades existentes;
  • Ativo: setor que reúne os bens e patrimônios empresariais. Caixa, bancos, adiantamentos, contas a receber, estoques e impostos a recuperar são algumas das informações referente a este setor do balancete mensal;
  • Passivo: traz informações sobre obrigações e patrimônio líquido da empresa. Fazem parte dos impostos, taxas e contribuições, contas a pagar para fornecedores, provisão de salário e contribuição de funcionários;
  • Resultado: todas as despesas, receitas e custos;
  • Receitas: valores que a empresa ganhou através de sua atividade-fim;
  • Custos: valores gastos com o pleno funcionamento da empresa;
  • Despesas: valores gastos pela empresa, mas que não se relacionam ao funcionamento da mesma.

Dicas para fazer o balancete mensal da sua empresa

Não há uma regra única para a elaboração do balancete mensal. Afinal, existem muitos modelos que podem ser seguidos.

Em suma, o balancete deve ser composto por 4 colunas, sendo duas colunas destinadas ao movimento e as outras duas direcionadas ao resultado. 

Vale frisar que este é um escopo básico para a apresentação do fechamento mensal. É possível inserir as informações que desejar, de acordo com a necessidade do negócio e das avaliações. 

Existem modelos muito complexos, alguns contendo até informações detalhadas sobre valores dos bens adquiridos, volume de estoque, dados bancários, dentre outros.

“Ok, mas como funciona a interpretação do balancete?”

Com o balancete montado, é interessante que um profissional contábil auxilie na interpretação dos resultados. Embora muitos empresários elaborem seus controles sem auxílio, a maioria das análises exigem conhecimentos específicos de um contador.

Basicamente, você deve se atentar ao cabeçalho, ativo, saldo anterior, débitos, créditos e saldo final.

No cabeçalho, você encontra informações sobre a empresa e sobre o período a que se refere o balancete. Em ativo, estão relacionados os bens e direitos da empresa. Todas as contas do empregador.

Em débitos e créditos são demonstradas as entradas e saídas de dinheiro durante o mês do balancete. Não menos importante, o saldo final destaca o montante restante, após a análise de todas as movimentações dentro do período.

O balancete mensal é um obrigação contábil do empregador que, num primeiro momento, pode parecer complicada. Mas com as nossas dicas, temos certeza que você verá essa obrigação com “bons olhos”.

Curtiu o artigo? Entre em contato conosco!

Sumario
Balancete Mensal - Como funciona?
Nome
Balancete Mensal - Como funciona?
Descrição
Todo início de mês as empresas devem avaliar os dados brutos referentes às movimentações financeiras do mês anterior. É o chamado balancete mensal, conhecido também como balancete de verificação mensal.
Autor
Quem publicou
Real
Logo

Marcadores:

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Open chat